quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

O problema da religião - O fruto do outro

O problema da religião...

...é considerar que o que se diz sempre é para o outro e nunca para si.

É ouvir que o amor dá fruto e considerar que isso é habilitação para procurar fruto nos outros.

Por exemplo, é tu, José, que lês essa série "O problema da religião" e achas que não é contigo!


hugo

____________

Ler também "O problema da religião" --> http://hugotheophilo.blogspot.com/2009/12/o-problema-da-religiao.html


2 comentários:

Suderland 25 de fevereiro de 2010 15:47  

Ainda bem que não é comigo, pq eu sei que pode ser comigo. Mas se eu acho que não é comigo por saber que pode ser comigo, então é comigo mesmo!?? :)

Não tem jeito, não é mano, todos temos "o problema da religião", em maior ou menos grau. ;)

Abraços!

Hugo Lucena Theophilo 1 de março de 2010 08:11  

rsrs..é um mistério! É preciso ter certeza que é comigo para saber que não é comigo. Mistério igual àquele para saber quem é apto: o que sabe que não é, esse é o que é!

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP