sábado, 13 de dezembro de 2014

Colheita urbana - Pepinus Caiophilus Aquaponicus

#ColheitaUrbana
#PepinoSemGasolina
#PepinoSemVeneno
#PepinoComÁguaReciclada
#CriançaQueColheCome
#HortaDePéDeParede
#APrisãoQueVirouJardim
#NãoPrecisaDeEspaço
#DeixeASuaHashTag

Caio e eu apresentando nosso novo brinquedo...





Read more...

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Entrevista

- hugo, como é o nome dessas coisas que tu faz?
- O que? Dos bichos?
- É
- Bagunça
- Não, mah
- Do lixo?
- É
- Imundice
- Não, mah
- Do jardim? 
- É
- Jardinagem, mah!
- Não, mah.
- Dos peixes com as plantas?
- É
- Doidice
- Não, cara.
- O lance da água da chuva?
- É
- Marmota
- Não, p...
- O que tu quer saber? Das abelhas?
- É
- Arrumação!
- Não, cara.
- O que é, mah? Com o caio?
- É
- Brincadeira
- Fala sério, hugo. Tem que ter um nome pra apresentar, cara.
- Bota ai o que tu quiser. Diz ai que sou dono de casa, aprendiz de jardineiro e pai do caio.
- E tu faz o que da vida?
- Como assim?
- Como tu ganha a vida?
- Ganhar a vida?
- Renda, mah. Dinheiro. Emprego.
- Ahhhh, mah. Tu quer saber como eu perco a vida!


--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Caio em: Coisas que eu não sabia

Depois de quatro anos juntando as sacadas dele já temos uma coletânea legal, mas que não para de crescer. Aos poucos fui percebendo métricas, rimas e fui encaixando frases como se fossem versos. Na medida em que as estrofes vão se formando vou jogando pra cima, como quem joga sal na insipidez do mundo e luz na escuridão da terra.

hugo

-

Tem coisa que antes de ser pai
Você não sabe o que é
Que pulso é o pescoço da mão
E o tornozelo, o pescoço do pé

Que a porta é a boca da casa
e o teto é o cabelo
A remela é amiga da meleca
E o vidro é amigo do gelo

Que o fogão é amigo da geladeira
E o trovão é quando quebra o céu
O catarro é o suquinho de meleca
E o Carfil é o papai noel

O Pateta é o Pluto do Mickey
O espinafre é amigo do mastruz
Quem morre sabe nascer de novo
E a lâmpada é a garrafa da luz

-

Read more...

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Caio em: Trabalhar pra quê?

Segunda, 24 de junho de 2013 (2 anos e 9 meses)

Outro dia ele me viu cortando dois cartões de crédito! Ai o tempo passou e hoje rolou esse papo:

Ele: Cadê a mamãe?
Eu: Foi pro trabalho
Ele: Fazê o que?
Eu: Trabalhar
Ele: Tabalhá pá compá dinhêlo?
Eu: Pra ganhar dinheiro
Ele: Nããão. Ela foi compá cartão pá tu cortá com a tisôla!

hahaha...o pior é que ele entendeu tudo!


--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Caio em: Neymar, Fred e Antônio

Domingo, 17 de novembro de 2013 (3 anos e 3 meses).

De vez em quando a vovó Madalena o chama de Antônio:

"Vem cá, Antônio!"

Ai ontem, brincando com os plimos, um disse: "Eu sou o Neymar!" O outro disse: "Eu sou o Fred!" Ele (sem a devida referência futebolística) disse: Eu sou o Antônio!

hahaha

--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

sábado, 17 de maio de 2014

Bióphilo




Quando chegamos nessa casa, em 2008, eu deitava nessa rede e tudo o que havia ai era aterro, areia de construção e muro branco. De vivo só tinha eu! Um amigo sugeriu que eu passasse a reparar ao redor, nos entornos da minha vida, pra ver como quase tudo estava morto. Desde então, deitar nessa rede e me ver sozinho passou a ser insuportável. Ai eu comecei a plantar um jardim.

hugo

Read more...

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Diário de um homem do mato que vive no lugar errado

Domingo - 06/04/14:

Seu Hernandes tem umas coisas interessantes no seu quintal. Venho de lá com um saco de carambolas (como sempre) e dessa vez com uma muda de Açaí e sementes já germinadas do que ele chama de Peruana, também conhecida como Ameixa Peruana ou Caferana (Bunchosia armeniaca). No pé quando amadurecem ficam vermelhas e repletas de abelhas...acho que as minhas jandaíras estão indo comer por lá. Por falar nas minhas abelhas, hoje vi o primeiro pote de pólen na colmeia...e pela primeira vez os potes de mel estavam cheios. As chuvas recentes já dão resultados. O desjejum do Caio foi mel que nasce em casa. Ontem descobri que a manipueira é muito eficiente no combate aos nemaótides. Vou ali no Ricardo comprar macaxeira pra fazer bolo e ver se ele junta manipueira pra mim. A poda de hoje da moringa vai virar cobertura verde. Hoje ainda semeio e transplanto. Agora vou ali virar o peixe que está na brasa. Domingo é um dia forte. Amanhã começa de novo a vida fraca, mas aos poucos vou impregnando os dias da semana de vida até que cada um vire domingo.



Mel de Jandaíra

Bolo da macaxeira cultivada em casa


--
hugo
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Era uma casa esquartejada...

Uma vez que o lugar onde a vida acontece está esquartejado, ele perde a capacidade de fazer os resíduos (normais da atividade biológica) voltarem para o ciclo da vida. É assim que nasce o lixo: quando resíduo é impedido de voltar para o ciclo da vida. E o melhor lugar para fazer com que ele volte é no próprio ambiente onde foi produzido.

Então, pensa na tua casa como um "habitat" esquartejado, onde é preciso fazer com que os compartimentos voltem a conversar para que os resíduos que saem de um, entrem em outro como fonte de energia. Assim, para dar um exemplo, é possível fazer cozinha, quintal e jardim conversarem entre si.

Onde o habitat não está esquartejado, ou onde há uma intervenção que minimize os efeitos do esquartejamento, resíduos não viram poluentes e lixo não existe. O lixo é um indício de que a vida está esquartejada e impedida de acontecer adequadamente.
--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

terça-feira, 18 de março de 2014

A casa

Quando queixam-se das coisas de casa é porque a casa virou fardo, prisão, impedimento para a liberdade que se alcança fora, no mercado. Liberdade ai é não estar preso a esse confinamento chamado casa! Eternamente carentes e inevitavelmente enfraquecidos, esses nada produzem. Resta-lhes a felicidade que consome. Ai o auge da ética é o tal consumo responsável! De outro lado há os que percebem que a prisão é o fora, que o fardo é não poder estar em casa aprendendo a fazer dela um lugar forte, um pouco mais emancipado e imune à tirania do fora, do mercado, do dinheiro. A esses restam todas as tentativas de criarem o espaço onde querem pisar. Resta-lhes a boa aventura que é aprender a produzir a própria vida; a satisfação que enxerga o fruto do trabalho perto. A esses resta a alegria que aumenta a força de existir. Resta trabalhar para viver, não para esperar o fim da vida. Trabalhar para viver, não para morrer.

--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

sábado, 8 de março de 2014

Oficina de Março - Transformando lixo em comida. Do lixo da cozinha à horta vertical.


A oficina consiste em demonstrar como a decisão de cuidar do lixo orgânico de nossas casas acarreta uma série de contribuições positivas para o lugar em que vivemos e para a nossa saúde. Como essa decisão simples pode mudar os nossos hábitos de consumo, melhorar a nossa alimentação, a nossa relação com vizinhos e ainda tornar a casa um ambiente mais biodiverso, sadio e bonito.

Veremos o dia-a-dia de uma casa comum, mostrando todas as etapas envolvidas no processo de produção do lixo e seu manejo adequado. Construiremos uma  lixeira-viva ideal para apartamentos ou pequenos espaços. Aprenderemos como transformar o lixo em solo fértil e consequentemente, como cultivar hortaliças em casa sem uso de produtos químicos.

Durante a oficina faremos um lanche com ingredientes do jardim e, ao final, sementes, mudas e kits de lixeira viva com minhocas estarão disponíveis para  venda.

A oficina será no bairro Mondubim, no dia 29/Mar/2014 das 16h às 19h.
Vagas limitadas. Número máximo de participantes: 20 pessoas.
Inscrição: R$ 40,00 por pessoa - O depósito em conta deve ser feito com antecedência para garantir a reserva da vaga (Caixa/ BancoDoBrasil ou Bradesco).

Para informações sobre depósito e local da oficina, entrar em contato por um dos meios abaixo:

Email: hugotheophilo@gmail.com
Cel: (85) 8841-3975
Facebook: www.facebook.com/hugotheophilo
Blog: http://hugotheophilo.blogspot.com

Clique AQUI para ver a matéria da TV Diário

Clique AQUI para ver a matéria do Jornal OPovo

--
hugo lucena theophilo
Blog do movimento Do Meu Lixo Cuido Eu: http://domeulixocuidoeu.wordpress.com

"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich 

Kits de lixeira viva com minhocas
 

Read more...

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Do Meu Lixo Cuido Eu - TV Diário - 21/02/2014

Matéria curtinha gravada aqui em casa, mostrando a minha rotina com o manejo do chamado lixo orgânico integrado com a criação de pequenos animais e o cultivo de hortaliças em pequenos espaços. O Caio aparece no final mostrando que a nossa iniciativa atinge o seu propósito, que é tornar a casa, o entorno do filho, um ambiente mais vivo...biodiverso e saudável.

Read more...

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Oficina sobre Agricultura Urbana e Horta em pequenos espaços.

Imagem inline 1


Oficina sobre Agricultura Urbana e Horta em pequenos espaços.

Sábado dia 22/fev/2014 às 16h.
Vagas limitadas. Número máximo de participantes: 20 pessoas.
Inscrição: R$ 10,00 por pessoa - Não posso receber o dinheiro da inscrição no dia. Veja a melhor maneira de reservar a vaga com antecedência (Depósitos na Caixa/ BancoDoBrasil ou Bradesco). Informações para depósito e local da oficina por mensagem ou contatos abaixo.

Contatos: hugotheophilo@gmail.com ou cel: 8841-3975

No dia haverá venda de sementes e mudas de hortaliças, além de kits de compostagem (Clicar aqui para ver a foto).


Conteúdo da oficina:

- Apresentações
- Troca de experiências, interesses e dificuldades
- Ideias para aproveitamento de espaços
- Apresentação de algumas ferramentas e utensílios
- Recipientes para sementeiras e vasos (Tipos / Onde encontrar / Como fazer a sua sementeira ou vaso)
- Berçário de mudas (Locais adequados)
- Sementes (Onde encontrar / Como armazenar / Como germinar)
- Mudas (Rega / Transplante / Adubação / Poda / Colheita)
- Calendário agrícola
- Confecção de sementeiras e vasos com materiais diversos - Canos PVC, Caixas de leite, embalagens e garrafas diversas (sorvete, iogurte, amaciante, café, etc)
- Semeando a sementeira
- Transplante de mudas para o local definitivo
- Lanche com alguns ingredientes do jardim e despedida.



Read more...

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

A lua que voa

Quando viu na praia ficou louco. Queria chegar perto. Explodiu de alegria e saiu correndo. Ninguém o alcançava. Alegre, correu chorando...beirando as ondas e vencendo o medo que tem delas. Ah, a loucura da alegria! Quem é o medo diante dela? Mais tarde, antes de dormir, passando o dia a limpo, deixava escapar o nome com o qual batizou o que viu: a lua que voa!


Read more...

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Para um mundo imposto...um mundo oposto!


Read more...

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

O direito ao desemprego criador *

hugo, você ganha a vida com o que?

- Vixe, com tanta coisa. Catando lixo, transformando em comida, aprendendo a cozinhar, aprendendo a promover a casa, tendo prazer de ver como essas coisas afetam a família, principalmente o filho...

Mas você tem um emprego (!?)

- Tenho.

Então...foi isso que perguntei.

- Ah, você que saber como eu perco a vida!

_______

* A frase é o título de um livro de Ivan Illich.

Read more...

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Menos dinheiro, menos fé e menos satisfações em 2014

Considerando que o dinheiro rebaixa tudo o que não pode medir, desejo a você menos dinheiro e mais daquilo que não se pode medir!

Desejo que você encontre utilidade no "inútil" !

Se você tem uma fé, que ela não seja uma fé vulgar que te encaminha para experiências de desutilidade. Se ela não puder promover a Vida, então que Deus te ajude a perder essa fé!

Que algum Deus sirva para te livrar da ideologia impregnada em nossas mentes que identifica o progresso com a opulência. Que o sentido da vida não dependa do tanto que você tem nem da "altura" em que você vive...para que não passe por idiota Quem elogiou pobres e humildes!

E se a tua satisfação implicar inevitavelmente em dano para outros, te desejo menos satisfações em 2014.

Bem-aventurado ano novo!


--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

domingo, 22 de dezembro de 2013

Por um cristianismo não verbal

Quando a missão de um cristão consistir em preservar as paisagens em que as mensagens de Jesus fazem sentido, ai pregar o Evangelho será, finalmente, uma atividade não verbal: semear e cultivar jardins, libertar e preservar aves.

"Não andem ansiosos...olhem para as aves do céu...olhem para os lírios do campo..."

Ai as liturgias, no máximo, recitarão essa poesia profética/profecia poética de Rubem Alves: "Quem planta um jardim anuncia o Messias."


--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Resistência criadora


Para um mundo imposto...
...um mundo oposto.


--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

domingo, 8 de dezembro de 2013

Defeitos do hugo

Farei o seguinte. Excluirei todo mundo das redes sociais e farei uma lista com meus defeitos. Assim livro todos de decepções e livro a mim de ouvir sermões.
Eis a lista inicial feita em 20 minutos apenas. Depois continuo.

Defeito 1: O hugo repreende criancinhas agressivas na frente de seus pais, SIM! Da mesma forma que não se incomoda em ver seu filho ser repreendido por outros adultos. Se isso é brutalidade ou estupidez, então o hugo é bruto e estúpido. Pense três vezes antes de convidá-lo para alguma coisa ou fique atento ao seu filho caso vocês estejam no mesmo ambiente. Uma dica é tentar explicar para os seus pequenos (as) que o que eles veem no futebol ou no MMA não deve ser praticado com outras crianças em momentos de diversão.

Defeito 2: O hugo não assiste televisão, detesta futebol e não suporta MMA. Portanto, em lugares onde homens só falam sobre isso, o bruto e estúpido do hugo estará perto das mulheres, pelo menos quando os assuntos forem a casa, a cozinha e os filhos.

Defeito 3
: O hugo não gosta de restaurantes quando a quantidade de gente na mesa impede que todos falem com todos. Comemorações em restaurantes fazem o hugo se sentir derrotado, achando que o mercado venceu a casa. Então é favor não convidá-lo para algo assim e caso ele esteja, saiba, é forçado, portanto é outro favor não ficar perguntando se está tudo bem.

Notas:

Para quem não gosta de velhos o hugo é um velho.
Para quem não gosta de crianças o hugo é uma criança.

Defeito 4: O hugo não gosta de shopping center. É favor esquecê-lo quando a programação contemplar um.

Defeito sem número:

O hugo fica triste ao ver uma criança lhe dizer que acha o máximo ser veloz e furiosa!

Defeito 5: O hugo não gosta de adornos (materiais ou não) que se impõem, exigem reconhecimento e sufoquem a simplicidade. Há 7 anos o hugo se casou de tênis e de lá pra cá isso só piorou. Os seus melhores amigos vestem preto, andam de chinelo, peidam na sua frente e, quando convidados para a sua casa, comem pizza com a mão. Na casa do hugo arrotar não é falta de educação. Falta de educação é condenar a manifestação da espontaneidade, da liberdade e da simplicidade.

Nota:

O hugo não suporta o melindre que evidencia a total derrota da vida comunitária e o império do individualismo fechado, carente e fraco que não aguenta sequer ouvir dizer que o cachorrinho de estimação é feio!


Defeito 6: O hugo não suporta conversar com gente que a todo instante e em tudo o que fala tenta se legitimar. No entanto, o bruto e estúpido do hugo, acha desrespeitoso encerrar o assunto e fica ouvindo em silêncio até o final. Na verdade ele acha é perigoso encerrar o assunto, uma vez que cortar o processo de auto-afirmação da pessoa pode colocar a vida dela em risco. Se esse for o seu caso, é favor procurar um padre, um pastor ou um psicanalista.

Defeito 7: O hugo descobriu que foi enganado, que passaram 30 anos dizendo que ele tinha que fazer o que não tinha que fazer. Então, é favor não gastar saliva dando esse tipo de conselho a ele, pois enquanto você pensa que ele está indo, ele está tentando voltar. Caso você insista, não estranhe o distanciamento.

Defeito sem jeito
:

O hugo não tem o que conversar sobre isso que chamam de vida profissional. É favor não insistir. Ele só tem o que conversar sobre a vida não-profissional.
--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Corto com facão, capo e jogo fora!

Fui uma criança medrosa. Tudo o que fiz foi internalizar proibições. A presença de qualquer adulto desconhecido me fazia murchar. Eu via adultos como monstros que só serviam para constatar a minha insuficiência (em ser adulto). Freud me foi pesado! A escola, edipiana que é, só coagiu singularidades, retardou encontros tão necessários e inevitáveis e atrasou o meu processo de resistência. Faltou quem me dissesse que adultos não são deuses. Faltou quem me dissesse que adultos erram e (pior) ficam tristes por isso!  Pudera! Adultos são crianças caídas, gente séria que já não brinca porque não pode errar e que já não pode errar porque não brinca: círculo vicioso vexatório!

Hoje, pai, vejo o quanto essa desgraça foi produzida e continua sendo...como que por uma máquina produtora de sujeitos. Meu filho de 3 anos já toma por verdade o que adultos (eu não sou um!) sancionam. De repente não quer nos beijar como antes porque disseram que faz mal ou, de repente não quer brincar no lugar de sempre porque disseram que tem bicho. Corto a desgraça com facão! Capo e jogo fora pra não procriar. E como faço? Digo que tais adultos erraram: "Não faz mal, filho. Ele(a) pensou que fazia mal, mas não faz. Ele(a) ERROU." ou, "Não tem bicho, filho. Ele(a) pensou que tinha, mas não tem. Ele(a) ERROU".

Ai o beijo volta...e a brincadeira também.

--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Perguntas de altar ou pra antes de casar

E se eu não fizer mais a barba?
E se eu quiser uma casa de taipa?
E se eu deixar o cabelo crescer?
E se eu começar a beber?
E se eu me vestir só de preto?
E se nessa direção eu não mover mais um dedo?
E se eu pedir demissão?
E se eu quebrar meu cartão?
E se eu encerrar a conta corrente?
E se eu desistir de um carro pra gente?
E se eu virar ateu?
E se o meu Deus não for mais o teu?
E se eu desejar sempre menos?
E se eu quiser ser pequeno?
E se eu me cansar desse mundo?
E se todos disserem que eu sou vagabundo?
E se eu ficar velho sem aposentadoria?
Onde eu te encontraria?




--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Liquefeito

O modo de vida que se leva é como um vasilhame que encerra e molda o líquido que comporta. Confinado, resta ao líquido conformar-se, corresponder às exigências da forma que o precede. A estratégia do recipiente é fazer o líquido acreditar que sua virtude é a sua capacidade de obedecer. Mas a obediência é a tristeza do líquido. Líquido só é virtuoso quando incontido, nômade, fluxo, correnteza.

--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

domingo, 22 de setembro de 2013

Somos tão...jovens!

A geração que flutua no tempo, sem vínculo com o passado, que no máximo sabe o nome dos avós (quando sabe), que tem no desprezo com a tradição uma virtude, que vive levantando a bandeira de uma auto-suficiência besta que sempre dá com os burros n'água (como se vivesse a reinventar a roda)...essa geração tem um hino:

"
Todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou...
Todos os dias antes de dormir, lembro e esqueço como foi o dia...
Temos nosso próprio tempo...
Somos tão jovens...
"


--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Quem ora fica nu

A dificuldade de orar em público deveria ser elogiada, cultivada e encorajada. Orar é como se despir. A oração é amiga da nudez. Ambas pedem um quarto fechado.

hugo

Read more...

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

(Não) me fale do seu Deus

Não precisa me falar do seu Deus. Se eu achar a sua fé interessante eu lhe pergunto por ele. Se eu nunca perguntei nada é porque vejo que sua fé não produz nada de interessante em você e, por isso, não quero crer no que você crê. É simples assim.

--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

Jardim ético

O meu jardim não se presta à estética, portanto ele é imune a opiniões dessa natureza. Quem diz que ele é feio, revela mais sobre o lugar a partir do qual fala, do que sobre o meu jardim. Eu não tenho um jardim estético, eu tenho um jardim ético. É uma pena que seja preciso dizer isso.

--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich

Read more...

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Derrotado




Cansado de ter uma vida que não quero mais ter.

Cansado de saber o que têm pra me dizer as pessoas que só veem virtudes na vida que não quero mais ter.

Cansado de ouvir o que preciso fazer, que preciso pensar nas pessoas que amo. Logo eu que de tanto pensar ainda tenho uma vida que não quero mais ter!

Meus ossos doem por eu ter uma vida que não quero mais ter e estou cansado de ouvir que eles doem por causa das minhas tentativas de criar a vida que quero ter.

A minha consciência está esfarelada. A mim foi dado a saber que todas as piscinas estão cheias de ratos. Por isso vejo podridão onde costumam ver diversão e recebo muitos açoites por isso. O mais doloroso deles é mergulhar todo dia.

Com o fôlego que me resta, crio mundos alternativos onde os cacos da minha consciência fazem sentido e onde posso usá-los sem dar satisfações.

Derrotado pela vida que não quero mais ter só encontro estímulos para voltar para a batalha que me consome.

Cansado.


hlt


Read more...

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Máquina de reciclar culpa

Eu como culpa, cago culpa e reciclo culpa
Deem-me suas culpas
Estou com fome
Mais, mais!
Deem tudo até ficarem bem levinhos e poderem dormir depois da oração piedosa
Deem-me suas culpas que as comerei e as cagarei
Eu como culpas e cago todas elas
Sou uma máquina de reciclar culpas
Meu jardim é feito de culpa reciclada
Vamos, vamos... mais!
Aquela ali também
Isso
Essa não é de vocês, é minha, é minha, joguem pra cima de mim
Isso
Pronto?
Acabaram?
Estão mais leves, agora?
Agora durmam, durmam que está tudo bem

Read more...

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Sobre lobos e cães


Era uma vez um cão. Não qualquer um, mas um que discernia as conjunturas produtoras de cães. Um cão que se enxergava. Por isso mesmo um cão inquieto. Desejando romper os grilhões da domesticação, abraçar o devir lobo e ser mais livre, resolveu fazer uma canção e passou a uiva-la:

Lobos são fortes
Cães são fracos
Lobos uivam
Cães só latem
Lobos caçam
Cães são alimentados
Lobos são livres
Cães domesticados
Lobos são devir
Cães são dever
Lobos efetuam potências
Cães sofrem o poder
Lobos são selvagens
Cães são mansos
Lobos são alegres
Cães são tristes
Eu lobo, vocês cão
Eu uivo, vocês não




Read more...

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Três porquinhos às avessas - continuação

Para ler o começo da estória, clicar aqui --> Três porquinhos às avessas

Continuação...


...e eis que o desemprego chegou à casa de Ciço e deu com grande força contra ela. Soprou uma, duas, três vezes. No primeiro sopro buscou destruir a instalação elétrica. Em vão. A casa de Ciço não tinha energia elétrica. À noite ele conversava com vizinhos, fazia beijú e dormia. No segundo sopro o lobo colapso buscou destruir tudo o que encontrasse de alimento. Também em vão. Ele só reconhecia como alimento coisas com embalagem e rótulo, assim ignorou as frutas sobre a mesa, as verduras no quintal e o estoque de cereais. No terceiro sopro o pobre diabo quis confiscar o carro de Ciço, assim ele ficaria impossibilitado de se locomover. Tudo em vão. Ciço não tinha carro. Sua cadeia produtiva era toda perto. Andava a pé. Para grandes distâncias ia de bicicleta. Sem saber disso, o lobo soprou tanto que caiu exausto. A casa de Cíço era imune ao Colapso.

hugo

Read more...

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP