terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Natal

No dia 25 se comemora um evento do qual estamos um pouco distantes no tempo e no espaço. São apenas dois mil anos e 3 ou 4 continentes de distância! rsrs

O que ouvimos hoje sobre Jesus não é, de maneira nenhuma, original, imaculado e livre de alterações. E nem é preciso estudar muito para saber em que momentos, onde e por quais motivos algumas dessas alterações aconteceram.

Um resultado dessa distância é a perversidade que se vê associada ao nome dEle. A inquisição não promove mais fogueiras, mas persegue e queima de outras formas. Não temos mais a venda de indulgências, mas a noção de que é possível comprar um lugar no céu continua sendo incutida na mente das pessoas. A frase "Jesus Cristo é o Senhor" está na parede dos maiores abatedouros de almas e na boca dos maiores Malas devoradores de seres humanos. Enfim, atrocidades falam de um gezúis que Jesus não conhece. E isso denuncia a nossa distância da sua mensagem.

Esse mês nós podemos (e até devemos) comemorar muitas coisas, mas, se queremos dizer que essa data se refere ao nascimento de Jesus, se faz necessário reavaliarmos crenças que carregam as letras do seu nome, mas não o significado da sua vida! Se faz necessário separar Jesus daquilo que se diz e se faz em seu nome.

A dois mil anos nascia aquEle que não era evangélico, nem católico, nem espírita, nem mórmon e que, apesar de ter sido judeu, depois de ressurreto deixou de ser.

Jesus não levantou bandeiras partidário-religiosas. Jesus levantou a bandeira da vida. Andou, comeu e bebeu com quem nenhum de nós andaria, comeria ou beberia! O seu mandamento é um só: "Amem-se uns aos outros como eu os amei".

Tudo é só isso...o problema é acharmos que isso é pouco!

"Deus veio salvar a humanidade na forma terrível de um homem." - G.K. Chesterton

Boa Nova, boa notícia: Deus resolveu nascer de parto normal.

Paz na terra aos homens.

Feliz Natal


hugo theophilo



3 comentários:

René 23 de dezembro de 2010 16:22  

Hugo,

Feliz Natal pra você também.

Grande abraço, nAquele cuja importância do nascimento está na Sua morte e ressurreição, e muita Paz, não só pra você, como pra sua família também!!!

Cláudio Nunes Horácio 24 de dezembro de 2010 11:43  

Assim é mano. Feliz Natal, que Jesus transpira através de ti sempre. Graça e paz.

Ivo Fernandes 26 de dezembro de 2010 22:17  

Mano amado, nada a mais a se dizer,

Amém

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP