domingo, 4 de abril de 2010

Saraivada amada, é russo!

Deus te proteja, amável menino, de que um dia tenhas de pedir perdão à mulher amada por uma culpa tua! Particularmente à mulher amada, particularmente, por mais culpado que sejas perante ela! Porque a mulher é, meu irmão, o diabo sabe o que é, eu pelo menos entendo delas! Mas tenta te confessar culpado perante ela, "a culpa é minha, dirias, perdoa, desculpa": aí desabará uma saraivada de censuras! Por nada nesse mundo ela te perdoará com franqueza e simplicidade, mas te humilhará até reduzir-te a um trapo, descontará até o que não houve, levará tudo em conta, não esquecerá nada, acrescentará  coisas de sua parte e só então desculpará. E isso ainda sendo a melhor, a melhor entre elas! Raspará até a última mágoa e despejará tudo em tua cabeça. - Tal é, eu te digo, a ferocidade que há nelas, em todas e em cada uma, nesses anjos sem os quais nos é impossível viver!

Dostoiévski, pela boca de Mítia!


hugo


6 comentários:

Suderland 4 de abril de 2010 19:11  

Hei Hugo, psiu! Só para nós, ok? rsrs Salomão conheceu muitas mulheres, sabia o que dizia. ;)

"TODA mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos." (Provérbios 14 : 1)

"É melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira em casa ampla uma mulher briguenta." (Provérbios 21 : 9)

"É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça." (Provérbios 21 : 19)

"O gotejar contínuo em dia de grande chuva, e a mulher contenciosa, uma e outra são semelhantes;" (Provérbios 27 : 15)

Abraços!

Hugo Lucena Theophilo 4 de abril de 2010 19:22  

Impossível não lembrar de Salomão né?

Suderland 4 de abril de 2010 23:58  

Como é que não lembra?! O cara teve 300 esposas!!! Com uma esposa já tem dias que o "cerumano" quer voltar para casa da mãe, imagine 300 esposas!!! rsrsrs

Sem esquecer que 300 esposas significa que Salomão teve 300 SOGRAS!! :))

Anônimo,  5 de abril de 2010 11:08  

E pensar que uma vez eu fui a um casamento e o Pr. naquele estilo desinformado culto, lembrando a formação da mulher e tal, aquela história da costela... ai ele vai e solta a pérola: "Pois bem meus irmãos aqui está (fulano) que encontrou (beltrana), o produto encontrou seu SUB-PRODUTO e em breve se fundirão para ambos serem uma só peça!" Isso foi em uma Igreja no ABC pulista. Faber Rodrix

Hugo Lucena Theophilo 11 de novembro de 2010 16:07  

hahahahaha...o produto encontrou seu sub-produto... esse ai deve ter feito O Seminário Matemático-Metalúrgico! rsrs

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP