quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Comida que nasce em casa: Janeiro de 2013

Balanço do mês de Janeiro da minha micro-produção de pé de parede e de fundo de quintal.

Janeiro/2013:
Ovos (unid) - 44

Humus de minhoca (kg) - 2
Composto peneirado (balde de 18litros) - 2
Pimentão (unid) - 2
Maxixe (unid) - 82 (52 em casa e 30 que passaram para o lado do vizinho. Nada mal para um pé de parede!).
Cebolinhas - o mês todo
Rúcula - o mês todo
Capim Santo (número de colheitas para 1 jarra de suco) - 3
Hortelã (número de colheitas para 1 jarra de suco) - 3
Romã - 5

Experimento do mês:
Casa dos porquinhos da india (cortador de grama vivo)

Para Fevereiro:
Colheita de maracujá, mais maxixe e pimentão
4 baldes de húmus - minhocas processando
Girassóis - florindo
Tomates e folhas - plantados
Mais uns 40 ovos
Mais não sei quantos baldes de composto peneirado
E por ai vai.


PS: Não pesei a quantidade de resíduo da cozinha que deixou de virar lixo e passou a ir para o galinheiro virar ovo, ou então para os baldes das minhocas virar húmus. E também não pesei a quantidade de "lixo" (folhas da rua, poda de grama dos vizinhos) que passei a colocar dentro de casa. E nem a quantidade de borra de café que o amigo Wilton Matos me dá todo mês, que também deixou de ir para o lixo da empresa onde ele trabalha. Em fevereiro passarei a pesar essas coisas. O número será assustador.

Algumas fotos:

Fauna e Flora.
Não comem ração, apenas resto de comida das panelas, folhas do jardim, milho umas duas vezes por mês e, agora, minhocas.
 

Maxixes e rúculas
 

Maracujás (10 só nessa foto)
 
Pimentões
 

Composto peneirado
 

Casinha dos porquinhos da india / Cortador de grama vivo
(Na foto ainda sem a tela e sem os porquinhos)
 

E o melhor, a causa e o propósito de tudo isso: o filho (vídeo abaixo)....que sabe o nome das plantas, ajuda o papai a fazer a casinha, brinca de plantar sementinha e de agoar a grama, que arranca cebolinha, rúcula, hortelã e manjericão pra comer, que passou a comer um ovinho mais saudável e pede pra comer pimentão antes de dormir!



Agradecimentos óbvios à turma inspiradora da Casa da Videira em Curitiba (Claudio Oliver e Eduardo Feniman) e à amada esposa que abraçou a causa e hoje é parceira.

--
hugo lucena theophilo
http://hugotheophilo.blogspot.com
"Cada um de nós, e cada um dos grupos em cujo seio vivemos e trabalhamos, deve se tornar o protótipo da era que desejamos criar." - Ivan Illich


3 comentários:

Ricardo Fuampa 31 de janeiro de 2013 16:12  

Apoiar e fomentar estas idéias e principalmente as ações, fazem nossa participação nesta nave louca em que vivemos. Não vamos resolver os problemas do planeta, é certo, mas nem por isso vamos deixar de fazer nossa parte. Hugo você está fazendo sua parte e a de muitos outros com a divulgação. Ano que vem outras pessoas também estarão criando jardins e fazendo reciclagem pelo observar do seu exemplo.
Parabéns!

João Paulo Duarte Diniz 31 de janeiro de 2013 21:00  

Bixo, sou teu fã! Fora de série o teu trabalho e dedicação PRÁTICOS!
Não posso evitar de lembrar de você assitindo a palestras minhas e sinto-me como o João Batista que iniciou Jesus! :) Você é o cara!

Hugo Lucena Theophilo 1 de fevereiro de 2013 08:09  

Ricardo, eu sou mais egoista do que as pessoas supõem...rs. A minha intenção não é resolver o problema do mundo. Eu só estou interessado em diminuir a quantidade de veneno que o meu filho ingere e também em criar alternativas para que ele não se submeta (caso não queira) ao que eu estou submetido. Falo sobre isso no início desse vídeo (http://vimeo.com/48969065). Claro, há uma preocupação para além do meu umbigo, com o que chamo de criação, mas essa preocupação sozinha é meio paralizante. O Planeta é coisa muito grande, pensar nele paralisa. É preciso fazer muita coisa. Eu decidi seguir o conselho de um amigo e optar pelo possível. É como se eu tivesse percebido que o chão onde sempre pisei é todo de mentira, como se tudo tivesse afundado e ficado só o espaço embaixo do pé. Ai o que estou fazendo é, de possível em possível, criando o espaço para o próximo passo. E assim eu vou...tentando criar um chão de verdade e pisando no chão já criado pelos amigos que estão fazendo o mesmo. JP é um desses que tem criado pedaços de chão de verdade por onde passa.

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP