segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Hospital Evangélico Mondrongo de Sal

Eu de ônibus, em pé, quente ainda: Fortaleza 17h. Motorista evangélico, "Rádio Evangélica". O ônibus passa em frente ao Grande Santuário.
É meu caro, tem um santuário...GRANDE. Nenhuma imagem e todas as imagens. Se é que você me entende.
Por aqui "santuário" somos nós, pequenos. Por lá santuário é um lugar, grande.
A boa-nova de lá: estão arrecadando grana para construir o Hospital Evangélico!
Quer ajudar? Faça um empréstimo na rede X e já estará ajudando!
O slogan: "Hospital Evangélico, o hospital da família cristã."
Tsc tsc tsc...
Plano de saúde evagélico, cartão de crédito evangélico, roupa evangélica, banco evangélico, hospital evangélico.
Do sal eles só querem ser o mondrongo. Mondrongo de sal. Sumir nem pensar!

Deus, meu Deus. Ouve a oração de Humberto Gessinger: "Que os muros e as grades caiam..."

no Caminho,

hugo



1 comentários:

André 7 de dezembro de 2009 22:33  

Hugo, mano velho... Sumir pra que? "Nos somos filhos de um 'deus' superlativo! nos recebemos de herança sua 'superlatividade' (sic)!" Diriam eles... Como cidadãos de primeira classe, é compreensível que desejem erguer seus muros, se separar do "misto de gente", dos gentios, da gentalha... Como escrevi recentemente, para que utilizar redes, se dinamite é muito mais eficaz? Além do mais, da rede só se escuta o farfalhar, já com os explosivos temos o KATABOOM! e de brinde uma enorme coluna d'água!

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP