segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Desmascarando

Muita gente desmascarou (e desmascara) as determinações impostas dos seus dias. Determinações que se apresentam política, econômica, científica, tecnológica, religiosa, psíquica e socialmente...mente.

O materialismo, por exemplo, apesar de não ser novo, é uma determinação nos nossos dias.

Veja a política. Ela não serve às pessoas e sim à determinação de sua época. Precisa classificar os homens sob um critério material. Para saber de que classe você é, é preciso saber o que você tem! A política que se faz para as classes C e D é diferente da política que se faz para as classes A e B, e isso mostra que as pessoas só são servidas na medida em que a determinação da época é servida.

O ser humano não é afirmado a despeito da determinação materialista. Mas o materialismo é afirmado a despeito do ser humano.

A Aldeota não é escondida por um paredão de outdoors, a Serrinha sim! (se é que você me entende)

A economia também não serve às pessoas e sim à determinação de sua época. Nosso sistema econômico gera facilidades para quem tem facilidades e dificuldades pra quem tem dificuldades. E pra saber se você terá facilidades ou dificuldades é preciso saber o que você tem.

O materialismo encontrou no lucro o que faltava para formar um sistema que se retroalimenta. Eles se alimentam e se geram mutuamente.

No psiquismo a determinação se dá na medida em que uma mentalidade é forjada nas pessoas. E o marketing é a grande ferramenta para isso, pois é identificando fragilidades e forjando necessidades que ele implanta mentalidades.

Quem há de negar que a noção de felicidade está vinculada ao que se tem ou deixa de ter?

Não dar pra ser bem aventurado sendo pobre...ainda que seja só de espírito.

Continuo depois...


hugo
30/06/10
16:31


3 comentários:

René 6 de outubro de 2010 17:36  

Pelo que entendi, a Serrinha é pra pobre e a Aldeota é pra rico (desculpe minha ignorância geográfica [também])!

Política, economia, psiquismo (edificado sobre o marketing), e outros, são ferramentas de uma sociedade materialista, que prima por fazer acepção de pessoas (os próprios indivíduos que a formaram), de acordo com suas posses. Então, por que os próprios formadores da sociedade são por ela prejudicados? Porque nas riquezas (Mamon) há poder. O poder de subjugar em escravidão.

Por isto, não podemos servir a dois senhores... e o materialismo é a grande arma de Mamon!

Hugo Lucena Theophilo 6 de outubro de 2010 17:53  

A Serrinha é um bairro de periferia. Aldeota é o bairro da elite financeira.

René 6 de outubro de 2010 18:00  

Então, apreendi bem a sua descrição... rsrs

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP